Como anda a contabilidade do seu consultório odontológico?

Seu consultório odontológico está crescendo de forma rápida, isto é sensacional! Agora, imagine… ao invés de isso te deixar tranquilo, porque está finalmente tendo sucesso em seu empreendimento, você começar a perder o sono por causa de problemas em seu fluxo de caixa? Você já pensou sobre como anda a contabilidade do seu consultório odontológico?

Alguns erros simples de escrituração podem causar um efeito cascata que resultará em graves problemas financeiros para sua clínica. Sabemos que você é um especialista em seu ofício, e quando falamos em tratamento odontológico, ninguém melhor do que você sabe como tratar a dentição de seus pacientes para que tenham uma excelente saúde bucal. No entanto, para que você possa realmente ter tranquilidade para exercer a sua especialidade, você precisa do apoio de especialistas em contabilidade para manter uma Gestão Contábil precisa de seu consultório odontológico, o que vai lhe permitir compreender a verdadeira saúde financeira de seus negócios.

A contabilidade do seu consultório odontológico requer uma compreensão da prática no que se refere à fluxo de caixa, escrituração contábil, gestão financeira, planejamento tributário, etc .

Por isso, fazer a contabilidade do consultório odontológico é primordial, pois é ela quem poderá equilibrar as entradas e saídas de recursos em seu negócio. Mas, e aí… como anda a sua contabilidade?

Conheça algumas vantagens que você terá ao cuidar da contabilidade para o seu consultório odontológico

Despesas fixas e variáveis

A regra mais importante aqui, tem a ver com o equilíbrio das despesas fixas e variáveis. Ou seja, tudo o que for do consultório deve permanecer na conta do estabelecimento. O seu consultório odontológico, naturalmente, possui despesas com funcionários, materiais, equipamentos, impostos, e até mesmo com a sua remuneração. Portanto, saber mensurar todas essas despesas é essencial para identificar os custos fixos e os variáveis.

E o que seriam os custos fixos?

  • Aluguel.
  • Telefone.
  • Salários.
  • Energia.
  • Água.
  • Impostos.
  • Condomínio.
  • Etc.

E o que são os custos variáveis?

  • Compra de materiais.
  • Manutenção de equipamentos.
  • Etc.

Gestão tributária e sua importância para a contabilidade do consultório odontológico

Se o dentista repassar todos os valores ao contador, poderá ter uma gestão tributária efetiva e adequada.

E como o consultório pode prosperar com essas ações?

O maior problema dos dentistas tem a ver com não estar atento ou não ter um acompanhamento adequado de todas essas despesas de seu consultório odontológico. Justamente, a gestão tributária estará para apoiar o empresário com o melhor regime de tributação, para que assim você possa economizar no pagamento de impostos e não gastar nada a mais que o valor necessário.

E como o contador pode ajudar?

Planejamento Tributário é o termo mais apropriado para elucidar o trabalho do contador. Este profissional será como uma bússola, posicionando o dentista empreendedor sobre as informações de sua empresa, evidenciando assim, sua situação financeira e econômica. Não basta apenas fazer a apuração de impostos e gerar guias de recolhimento, o contador deve possuir um papel-chave na construção na rotina de gestão de tributos, de modo a facilitar a vida do empreendedor do negócio.

A legislação tributária brasileira é complexa e o contador a conhece muito bem, por isso deve conscientizar seu cliente sobre as possibilidades, direitos e regras de nível tributário e contábil que ele deve seguir e pagar.

Portanto, quando você possui um suporte adequado na contabilidade para o seu consultório odontológico, consegue consequentemente, ter tomadas de decisões mais assertivas, conhecendo as vantagens e desvantagens de optar por cada caminho, expansão e atendimento.

É bem verdade que o Fisco é voraz e não perdoa. Portanto, uma tática para se manter seguro e não colocar o negócio no prejuízo, é justamente ter uma gestão tributária eficiente e assertiva. E isso se faz cuidando com carinho e atenção da contabilidade do seu consultório odontológico.

Além de todas essas ações, é preciso também estar atento a:

Onde o dinheiro está sendo desperdiçado?

Muitas vezes, o dentista empreendedor não percebe, mas está tendo gastos desnecessários na gestão de sua clínica. Com a ajuda de um contador , você  poderá verificar onde está se excedendo, e assim ficará mais fácil para poupar e minimizar os desperdícios, que são tão prejudiciais à saúde do negócio.

A contabilidade do seu consultório odontológico pode não estar sendo efetiva

Será que você não está deixando passar nada? Será que incluiu tudo nas planilhas?

Com tantas responsabilidades e demandas, controlar e gerir tudo sozinho dá trabalho e exigirá muito esforço mental. Para calcular é preciso estar bem, do contrário, você não terá informações reais e consistentes, porque se equivocou, se sobrecarregou de responsabilidades e se perdeu na contabilidade de seu consultório odontológico. Por isso ter uma assessoria contábil é tão vital para o êxito de sua gestão.

Planejamento é fundamental

O sucesso das finanças e da contabilidade do seu consultório odontológico dependerá de um planejamento e também da conscientização dos gastos.

Sem o apoio de uma assessoria contábil, empreender fica complicado, já que para ficar tranquilo com as demandas, não é somente exigido equilíbrio físico, mas também mental.

Tendo então, esta consciência de que a contabilidade de seu consultório odontológico está sendo bem executada, fica mais fácil gerir, atuar, atender bem e prosperar, não é mesmo?!

E então, percebeu as vantagens de de você cuidar bem da contabilidade do seu consultório odontológico?

Até breve!

contabilidade do seu consultório odontológico, Consultório Odontológico, Gestão Contábil, Planejamento Tributário, gestão,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *