Impostos para engenheiros e arquitetos. É possível reduzir?

É impossível não sentir o impacto que os impostos causam no nosso bolso todos os dias. O Brasil é o segundo país mais cobrador de tributos da América Latina, perdendo apenas para Cuba. Em 2017, a carga tributária nacional chegou a 32,4% do PIB, conforme dados da Receita Federal. Diante desse cenário, tornar e manter seu empreendimento um sucesso vai além de ser bom nesse mercado que já está saturado há tempos. É necessário ter um planejamento tributário especializado que entenda o seu negócio e que busque soluções realmente eficientes para você economizar e lucrar mais.

Pensando nisso, a Proativa Consultoria Contábil reuniu algumas dicas direcionadas para Engenheiros e Arquitetos que buscam uma ajuda especializada para reduzir o volume de impostos de sua empresa, sem entrar em desacordo com a lei.

 

  • Aposte em ajuda especializada
    Já falamos acima, mas é importante reforçar que uma consultoria especializada faz toda diferença. Uma equipe contábil que conhece a realidade do seu negócio é capaz de encontrar soluções com mais eficiência. Empresas de Engenharia e Arquitetura fazem parte de um nicho muito específico, e podem ter oportunidades de redução de impostos que empresas contábeis não especializadas não consigam identificar. Procure a ajuda correta e torne seu negócio ainda mais rentável!

    Escolha o regime tributário correto
    Determinar o regime tributário da sua empresa, muitas vezes, não é uma tarefa fácil. Essa é uma escolha que deve ser tomada diante de uma análise do seu negócio, assim você garante que tudo está dentro da lei e que você não está pagando mais impostos que o necessário. Existem três tipos de regime: Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido. Eles se diferenciam, basicamente, pelo limite de faturamento. Caso você tenha dúvidas na hora de escolher o regime tributário da sua empresa, falamos novamente, procure uma ajuda especializada e evite perdas de dinheiro e de tempo!

    Aproveite os incentivos fiscais
    Investir em uma consultoria especializada permite que profissionais estudem com você possibilidades reais de encontrar incentivos fiscais para o seu negócio. Essa é uma saída para utilizar a lei ao seu favor e aproveitar os recursos que seriam destinados ao pagamento de impostos para investir na sua empresa, como na compra de recursos materiais, softwares de gerenciamento ou treinamentos para colaboradores.

    Tudo isso faz parte do planejamento
    Quem planeja, tem mais chances de tornar seu empreendimento bem-sucedido. Não cansamos de dizer isso aqui porque há muitos anos a Proativa Consultoria Contábil atua no mercado auxiliando empresas a alavancarem seus rendimentos. Existem diferentes tipos de planejamento tributário e você pode conhecê-los clicando aqui.

 

Respondendo à pergunta do título: é possível reduzir a carga tributária da sua empresa de engenharia ou arquitetura a partir de um estudo personalizado do seu negócio. Para isso, conte sempre com a qualidade técnica e atendimento diferenciado da Proativa! Entre em contato conosco e previna, corrija ou impulsione seu planejamento tributário!

Especial Dia dos Pais: licença-paternidade

Neste domingo (11), comemora-se o Dia dos Pais no Brasil e nós aproveitamos essa data tão significativa para fazer um post especial para aqueles que estão prestes a entrar nesse mundo cheio de desafios, alegrias e muitas descobertas. Geralmente, os marinheiros de primeira viagem colecionam muitas dúvidas em relação à licença-paternidade, seus direitos e deveres. Por isso, a Proativa Consultoria Contábil e Empresarial separou tudo que quem está nessa fase precisa saber para curtir os primeiros dias dessa nova experiência com tranquilidade.

Um ponto muito importante é frisar que a licença-paternidade é um direito para pais biológicos e adotivos, funcionando da mesma maneira para ambas as situações. Agora, sobre o período que o funcionário CLT pode retirar para curtir a criança, recentemente o Brasil registrou uma mudança nas possibilidades.

Desde 1988, a Constituição Federal prevê o direito dos pais terem a licença de cinco dias. Mas, em 2008, o Governo lançou um programa chamado “Empresa Cidadã” que busca valorizar as relações entre empresas e funcionários, proporcionando alternativas mais humanizadas. 

O Empresa Cidadã não é obrigatório, mas as organizações que aderirem, garantem benefícios para os funcionários e também incentivos fiscais. Então, com essa saída, os pais podem acrescentar mais 15 dias, totalizando 20 dias de pausa remunerada. 

Durante a licença, o funcionário tem o direito de receber seu salário integral. Já na lista de deveres, os papais não podem realizar qualquer outra atividade remunerada, nem deixar o filho em alguma creche. A ideia do programa é proporcionar que os pais vivam essa experiência sem preocupações.  

E para as empresas, como funciona?

É muito simples! As pessoas jurídicas poderão aderir ao Programa Empresa Cidadã por meio do Atendimento Virtual (e-CAC). Basta acessar o link utilizando o código de acesso ou certificado  digital. 

As empresas tributadas com base no lucro real, poderão deduzir do Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) devido, em cada período de apuração, o total pago ao funcionário durante o período de prorrogação da licença. É importante saber que não é permitida essa dedução como despesa operacional.

Além disso, a dedução também se aplica ao IRPJ determinado com base no lucro estimado, recebendo algumas regras específicas, que você pode conferir aqui.

Tanto a licença maternidade quanto a paternidade são fatores determinantes no desenvolvimento da criança e da rotina da família. Principalmente nos primeiros dias, a mãe precisa de todo apoio possível e a presença paterna pode fazer parte disso.

Que tal fazer parte deste programa que só traz benefícios para todos? Além disso, sua empresa pode ser inspiração para outras organizações. Conte com a Proativa para tirar todas as suas dúvidas e realizar o melhor planejamento tributário para o seu negócio!

Transformação digital – sua clínica ou consultório precisa?

Provavelmente você já deve ter ouvido falar da transformação digital. Essa é uma das tendências mais comentadas da atualidade e se tornou um processo de expansão em diversos setores, principalmente o da saúde. 

Mas o que de fato seria esse processo? São medidas que as empresas estão tomando para utilizar a tecnologia para melhorar o desempenho, aumentar o alcance e gerar resultados mais eficientes.É importante entender que essas mudanças englobam também a chegada de novos hábitos e comportamentos. Afinal, a tecnologia precisa ser utilizada como uma ferramenta para desbloquear potenciais humanos.

Na prática, já não existe outra saída. O mundo mudou e a transformação digital é algo imprescindível. Para clínicas e consultórios, isso significa melhorar a gestão, otimizar processos, diminuir a margem de erros, melhorar o atendimento e experiência do paciente e, inclusive, gerar novas oportunidades de negócio. Não é por acaso que a cada dia presenciamos o surgimento de mais e mais startups na área da saúde.

E agora, por onde começar?

Para que sua clínica ou consultório realize a transformação digital, o primeiro passo é enxergar o negócio de uma maneira completa, assim, com essa visão macro e micro, você conseguirá identificar as necessidades da empresa e investir com maior assertividade nas ferramentas de gestão.

Esse tipo de mudança exige planejamento, investimento em soluções tecnológicas e também treinamento para a equipe.

Quais são os benefícios?

As vantagens giram em torno dos pontos apresentados anteriormente. Por exemplo, a clínica ou consultório precisa ter um software de gestão que auxilie na otimização do tempo, que armazene dados relevantes para análises futuras – como entendimento de gastos, fluxo de caixa, dias e horários com mais movimento, procedimentos mais utilizados etc -, que seja de fácil consulta, que tenha uma navegação intuitiva e que também possua um serviço de suporte de qualidade.

O prontuário eletrônico também é uma solução muito eficaz. Ele permite que os profissionais tenham acesso ao histórico do paciente. Isso faz com que essas informações facilitem até um atendimento multiprofissional, sem contar que o médico ou dentista pode utilizar alguns recursos para discutir casos e encontrar alternativas melhores para os pacientes.

Também falamos sobre novas oportunidades de negócio. Um exemplo recente disso é a telemedicina que pode ser uma nova atividade na rotina dos profissionais de saúde. Essa área de atendimento ainda está sendo discutida e precisa se consolidar, mas a cada dia percebemos que a tecnologia avança e que ela continuará modificando todas as formas de consumir, trabalhar, estudar e se cuidar.

Se você ainda não iniciou o processo de transformação digital, procure profissionais especializado para te auxiliar nesse caminho. Caso precise de ajuda para planejar a gestão financeira e contábil, conte com os serviços da Proativa. É só falar com um dos nossos consultores!