Veja como fazer o faturamento de convênios e evitar glosas

Quando um profissional de saúde resolve abrir sua própria clínica ou consultório, além dos conhecimentos técnicos específicos de sua área, ele também acaba se tornando responsável pela administração de seu negócio. Essa nova função exige outras habilidades desse médico ou dentista, que precisa ser ainda mais organizado, consciente de suas decisões e, muitas vezes, metódico para que todos os processos funcionem perfeitamente.

Se o profissional opta por realizar seus atendimentos via operadoras de convênios, essa escolha se torna um dos principais fatores para a saúde financeira da empresa e deve ser tratada com muita dedicação, especialmente porque as chamadas glosas, que são faturamentos não recebidos ou recusados, podem afetar significativamente o negócio como um todo.

Fuja das glosas e tenha vantagens para a sua clínica ou consultório

Evitar glosas permite que o seu planejamento financeiro seja mantido, proporciona um controle maior do fluxo de caixa, evita retrabalho, perda de tempo, prejuízos e também abre um espaço maior para dedicação à uma gestão de pacientes, que gera serviços de qualidade e fidelização.

As glosas são classificadas de três formas: administrativas, técnicas e lineares

Glosa administrativa: normalmente mais fáceis de resolver, são falhas nos processos administrativos, como preenchimento incorreto de informações do beneficiário do plano de saúde, inclusão de serviços que não fazem parte das coberturas, falta de assinaturas etc.

Glosa técnica: esse tipo exige uma auditoria para avaliar os procedimentos que foram cobrados sem argumentações técnico-científicas.

Glosa linear: acontecem de acordo com um posicionamento unilateral dos convênios. Podem caracterizar práticas irregulares e necessitarem de medidas regulatórias da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Confira as dicas que a Proativa separou para você

1. Entenda o processo como um todo e invista em treinamento

Os procedimentos para faturar com os convênios são realmente complexos. O passo número um para evitar erros é entender como tudo funciona e garantir que todos os profissionais que fazem parte das etapas estejam alinhados. Investir em treinamento e ter recursos para consultas, em caso de dúvidas, faz com que a equipe se torne capacitada e gere resultados bem-sucedidos.

2. Tenha uma gestão diária das informações

Esse controle do fluxo das informações, desde o momento da chegada do paciente até a realização do último procedimento, é fundamental para evitar prejuízos e perda de tempo. Afinal, se o responsável por aquela etapa tiver acesso facilitado a esse banco de dados (que muitas vezes pode ser uma simples planilha), ele não perde tempo procurando em lugares diferentes e resolve qualquer eventual pendência mais rápido.

3. Use a tecnologia ao seu favor

Atualmente existem softwares de gestão que facilitam muito o dia a dia das clínicas e consultórios, permitindo que o trabalho manual seja reduzido e resultando em menos oportunidades de erros. Esses programas são ótimas ferramentas para organização e integração das informações. Existem inúmeras opções no mercado, por isso, pesquise a que se encaixe melhor às necessidades do seu negócio.

Quer manter a saúde financeira da sua clínica ou consultório? Conte com os serviços especializados da Proativa Consultoria Contábil e Empresarial. Entre em contato conosco!

Coworking para profissionais de saúde – as vantagens da economia colaborativa

Compartilhar. Essa palavra tem agregado cada vez mais sentido e valor na rotina da sociedade moderna. E não estamos falando de compartilhamento de postagens nas mídias sociais, mas de uma economia colaborativa que gerou uma nova percepção de mundo: substituir o acúmulo pela divisão.

Essa tendência é muito bem representada por aplicativos como Airbnb, Yellow e Uber que geraram soluções que transformaram formas de consumo. Dentro dessas novas formas, não poderíamos deixar de falar do coworking, modelo de trabalho que é baseado no compartilhamento de espaço e recursos de escritório. Esse modelo tem se expandido e alcançou os profissionais de saúde, se tornando uma alternativa bem interessante para quem não tem (ou não quer gastar) uma reserva financeira investindo na própria clínica ou consultório.

Fora a questão da economia, esses espaços são vantajosos por oferecerem experiências tanto para os profissionais quanto para os pacientes. Esses diferenciais vão desde a arquitetura e design dos ambientes, que esbanjam modernidade e fogem completamente dos padrões de consultórios tradicionais, até a possibilidade de networking, pois a oportunidade de conhecer outros profissionais, trocar conhecimentos e realizar parcerias não pode ser desperdiçada.

Como médicos e dentistas podem utilizar espaços de coworking?

No Brasil já existem espaços de coworking especializados para profissionais de saúde. Eles possuem facilidades para agendamento de consultas, recepcionistas, café, cozinha, armários, bicicletários, áreas para exames e equipamentos específicos para a área. Muitos também oferecem serviços personalizados que permitem que o médico ou dentista tenha uma linha telefônica, website, cartão de visita, entre outros itens de papelaria.

Quanto custa trabalhar em um coworking?

Existem diferentes tipos de pacotes, mas um dos mais comuns é o pay-per-use, no qual os profissionais só pagam pelo tempo que utilizarem o espaço escolhido. Esse recurso evita a geração de gastos quando o profissional não estiver atendendo.

Juntando com o fato de que as despesas de espaço, equipamentos de escritório, mobiliário e funcionários acabam sendo compartilhados, atender em um coworking permite uma economia expressiva.

Quem atende em espaços de coworking precisa de um contador?

Segundo Marcelo Henrique Pereira da Silva, sócio da Proativa Consultoria Contábil e Empresarial, mesmo os profissionais que optarem por atender no modelo de economia colaborativa irão precisar dos serviços de um contador. “Na verdade, toda empresa precisa. Além das obrigações fiscais e conformidades perante o fisco, o contador irá desenvolver planejamentos tributários e de custos, proporcionando um apoio financeiro diferenciado para o negócio”.

Marcelo também aproveita para dar dicas para os profissionais que estão em início de carreira e pensam em fazer parte da tendência do coworking. “É importante prestar atenção na escolha do local. Dê preferência para lugares que não sejam tão impessoais e que, mesmo que sejam tão grandes, tenham uma boa infraestrutura, localidade e conforto para os seus pacientes. Também é necessário verificar a viabilidade da utilização do endereço fiscal para a atividade médica”.

Vai iniciar seus atendimentos em algum coworking?

Entre em contato conosco e deixe sua empresa com as obrigações fiscais em dia.

Dicas valiosas para médicos e dentistas melhorarem as redes sociais de suas clínicas ou consultórios

As redes sociais são uma verdadeira extensão do atendimento que você oferece aos seus pacientes em sua clínica ou consultório. Esse ambiente digital, além de ser uma forte ferramenta para prospecção de novos pacientes, é o local onde o seu negócio está exposto para o mundo. Essa enorme vitrine online tem inúmeras vantagens, mas, caso seja utilizada de forma incorreta, pode ser um grande fator de risco para a saúde da sua empresa.

Como ninguém quer ser malvisto no universo da internet, a Proativa separou algumas dicas valiosas para você, médico ou dentista, aproveitar as redes sociais para consolidar a imagem do seu negócio e até aumentar seu faturamento. Continue a leitura e prepare-se para colocar tudo em prática!

Antes de tudo, conheça seu público

Tão importante quanto ser especialista na sua área é conhecer o seu público. Isso irá determinar o tipo de conteúdo e a linguagem que o seu negócio deve ter nas redes sociais. Informações como faixa etária, interesses, localização e gênero fazem toda a diferença. Por exemplo, se você tem um consultório de odontopediatria, seu público não é de crianças, mas muito provavelmente de mães. Você pode buscar entender o comportamento dessas mães e direcionar um conteúdo realmente relevante para elas.

Cuidado com o conteúdo

Um ponto de atenção que profissionais de saúde precisam levar em consideração é que, se o seu discurso é direcionado para clientes/pacientes, você precisa se comunicar para eles. O que isso quer dizer?

Muitos médicos ou dentistas postam imagens de cirurgias ou qualquer outro procedimento e ainda enchem as legendas com termos técnicos e difíceis para o público geral compreender.

É necessário ter bom senso. Escolha imagens que transmitam o resultado do seu trabalho e não o “problema” que você solucionou. Você pode tomar como exemplo as campanhas publicitárias de grandes hospitais: elas nunca vão mostrar um paciente debilitado, em tratamento ou sendo operado, mas sempre feliz e sorridente, transmitindo a sensação de que foi bem cuidado. O discurso segue a mesma linha e precisa cumprir sua missão de ser entendido.

Fique dentro da lei

Tanto o Conselho Federal de Medicina, quanto o de Odontologia possuem seus códigos de ética e precisam ser respeitados. Posts como “antes e depois”, consulta e diagnóstico online, promessas de resultados e exposição vexatória de pacientes não são permitidos. Caso você fique na dúvida se o que você vai postar está de acordo com o código de ética da sua classe, não hesite em pesquisar e confirmar antes.

Não deixe seu público “a ver navios”

Busque solucionar qualquer eventual problema e sempre demonstre preocupação com a solicitação do seu cliente. Lembre-se, todas essas pessoas são formadoras de opinião na internet, mesmo que em pequena escala.

Também é importante prestar atenção na frequência de postagens. Monte um cronograma e programe-se para cumpri-lo.

Considere investir

Mesmo as redes sociais fazendo parte do nosso dia a dia, manter um perfil ou página profissionais exige alguns investimentos, seja de tempo e/ou dinheiro.

Caso você não tenha uma agenda que permita que você dê uma atenção especial a essa área do seu negócio, procure capacitar algum funcionário ou busque a ajuda de profissionais especializados.

Analise seus resultados

Mais do que números de curtidas, comentários ou compartilhamentos, você pode utilizar as redes sociais para escutar as necessidades (ou reclamações) do seu público e transformá-las em soluções para a sua clínica ou consultório. Por exemplo, se você recebe muitas mensagens perguntando sobre um serviço X, que você não oferece, considere estudar melhor a possibilidade de implementá-lo.

A Proativa Consultoria Contábil e Empresarial está sempre buscando soluções para que o seu negócio seja ainda mais bem-sucedido. Continue acompanhando nosso blog e, caso surja alguma dúvida, entre em contato com o nosso time!

Regime Caixa – Entenda o que é melhor para sua empresa

Hoje vamos falar do Regime Caixa e das vantagens que este oferece para as empresas que costumam trabalhar com venda a prazo. Se você faz parte da parcela de empresários que sofre com a falta de verba para pagar impostos sobre uma receita que você ainda não recebeu, temos uma solução para o seu negócio!
Sabia que é possível contabilizar suas despesas e receitas apenas quando entram no seu caixa e não no momento que são realizadas as vendas ou prestações de serviço?
A vantagem deste regime é maior para empresas que trabalham com vendas a prazo e prestações de serviços, assim o pagamento dos impostos incidentes só será realizado após o seu cliente efetuar o pagamento.

Regime Caixa para Compras parceladas

Neste caso o imposto será cobrado do fornecedor sobre cada parcela que for paga pelo cliente e não mais em cima da emissão da nota fiscal, ou seja, o imposto será pago no total de parcelas que o seu cliente realizará o pagamento da compra, o numero de parcelas que você repassou seu produto.

Regime Caixa para prestadoras de serviços

O tributo Incide sobre as prestadoras de serviço quase que da mesma forma que para as vendas parceladas, quando for efetuado o pagamento pelo serviço solicitado. Após o serviço ser realizado, a nota fiscal emitida e o prestador receber pelos seus serviços, o imposto será cobrado.

Será que sua empresa pode optar por este Regime?

As empresas que podem se enquadrar neste regime são Micro e Pequenas empresas, e empresas que aderem ao Lucro Presumido e o Simples Nacional. O Regime Caixa uma vez que só serão incididos os impostos sobre os valores no caixa da empresa, representa um menor comprometimento da renda empresarial. Sendo assim um maior capital de giro.

Entenda Porquê o Regime Caixa Sem Um Bom Fluxo de Caixa Não é Uma Boa Ideia

O registro meticuloso das operações financeiras da empresa e de tudo que entra ou sai do caixa, principalmente o que se recebeu e o que ainda esta por receber é extremamente importante para o funcionamento do Regime Caixa. Um fluxo de caixa bem organizado é a garantia que sua empresa não pagará os impostos mais de uma vez ou deixará de paga-los.
Esta movimentação deve ser registrada em um formulário da Receita Federal.
Optar por este regime permite que a empresa evite o pagamento de impostos sobre quantias ainda não recebidas. Outra vantagem é que neste regime evita-se o pagamento de impostos para quantias não recebidas, em caso de cheques sem fundo ou calotes, o empresário recorra até o ano subsequente, ainda que seja necessário efetuar o pagamento do imposto a primeiro momento.

Deseja estabelecer o Regime Caixa na sua empresa?
Converse conosco podemos te ajudar!

Gestão Empresarial: 4 cursos que todo gestor deve fazer!

Você, como gestor empresarial, sabe mais do que ninguém a importância de uma informação atualizada e constante, não é verdade?

Mas, agora nos responda uma questão:

O quanto você pratica isso em sua vida profissional?

Isso mesmo!

Como você se recicla, amplia sua percepção sobre novas necessidades, agrega valor ao seu trabalho?

Você faz isso?

Cursos para gestores, você já realizou algum?

Pois saiba, que isso pode transformar a sua vida, a sua carreira e assegurar o crescimento dos seus negócios!

Por isso hoje queremos te dar não apenas uma, mas cinco dicas de cursos fantásticos que não podem faltar no seu curriculum.

O que acha, topa?

Pois então, se prepare para agregar ao seu título de gestor empresarial, as qualidades de um grande líder de sucesso!

Acompanhe!

  • Curso de gestão de pessoas

Seja qual for o seu setor, esse curso é ESSENCIAL para sua carreira!

Um gestor eficiente precisa trabalhar em duas pontas:

  • Ter conhecimento sobre sua área de atuação.
  • Ter conhecimento sobre sua equipe e como gerenciá-la.

Logo a gestão de pessoas é a melhor maneira de obter ferramentas para que você trabalhe com diversos perfis e consiga extrair de melhor o que cada um deles tem a oferecer.

Com o curso de gestão de pessoas, você aprenderá técnicas simples e eficientes que irão fazer com seu relacionamento interpessoal e profissional com a sua equipe ganhe consistência e agilidade.

O resultado disso será uma equipe alinhada e produtiva que irão refletir num líder extremamente capacitado para enfrentar qualquer desafio!

  • Curso de comunicação

Lembre-se, a comunicação é a base de tudo, não existe gestão sem ela!

E fazer esse curso irá permitir a você gestor que aprenda uma regra de sucesso dos grandes líderes “ouvir e entender”.

Um curso de comunicação para gestores empresariais, desenvolverá a habilidade de realizar uma conversação clara e eficaz com foco em resultado.

Isso dará a você uma direção de como agir para atingir suas metas empresariais de maneira mais rápida, além de transformar você em um grande coletor de informações relevantes para assim planejar e agir estrategicamente.

  • Curso de gerenciamento de emoções

Esse curso é para melhorar seu desempenho profissional, contudo, pode e deve ser aplicado para toda a sua vida!

Através dele você conseguirá aprender a utilizar a inteligência emocional para obter resultados positivos dentro do trabalho, melhorará seus relacionamentos como um todo e atingirá todas as suas metas.

Esse curso ajudará você a se manter forte e motivado diante de todos os desafios e passará isso para todos à sua volta.

  • Curso de finanças

Essa pode não ser a sua área de atuação, mas se você deseja ser um líder completo, deve realizar o curso de finanças empresariais.

curso de finanças ajudará você a ter uma visão ampla e a capacidade de atuar estrategicamente dentro da organização.

Além de dar uma grande segurança nas tomadas de decisões, uma vez que você entenderá a estrutura financeira da empresa em que atua.

Entenda, um gestor completo precisa desenvolver diversas habilidades e melhorar seu desempenho a cada dia, isso fará dele um grande líder, além de um espelho para sua equipe!

E se precisar de ajuda com a sua contabilidade, não hesite em nos chamar!

Nós podemos te ajudar!

Você sabe a importância do NPS para sua empresa?

Você sabe que para uma empresa construir um nome no seu ramo de atuação é um caminho desafiador, não é mesmo?

Contudo, para perder tudo, basta um pequeno deslize.

Por isso se faz tão importante mensurar constantemente todas as informações possíveis, para manter a sua empresa em constante crescimento.

Concorda com esse conceito?

E por falar em medir, você já ouviu falar em NPS?

E em como ela pode ser importante para a sua empresa?

Pois saiba que, essa é uma métrica que não pode faltar dentro dos seus negócios e é por esse motivo que nós resolvemos te contar todos os segredos da NPS e assim manter você e seu empreendimento no caminho do crescimento.

Acha justo?

Pois fique de olho que já iremos começar!

O que é NPS?

NPS – Net Promoter Score, se trata de uma métrica que verifica a possibilidade dos seus produtos ou serviços serem indicados por quem já os comprou, ou seja, seus clientes.

Foi criada em 2003 e de lá para cá ganhou muito destaque entre as empresas mais atuantes em seus ramos, em outras palavras, gigantes que entenderam a importância na satisfação de seus clientes.

Os números são encontrados de uma forma muito simples e eficiente, através de apenas uma pergunta: De 0 a 10 quanto você indicaria a empresa?

Ainda há a possibilidade de dar feedbacks sobre pontos que precisam ser melhorados.

Depois disso é calculado a nota de cada empresa e é isso que vamos conhecer agora!

Como se calcula o NPS?

Inicialmente você precisa definir um número de clientes para montar a sua base, pode ser com todos os clientes e a cada 50 pesquisas fazer o levantamento das informações.

Essas informações irão gerar dados e depois uma classificação, de acordo com a tabela abaixo:

  • DEFRATORES – Aqueles clientes que não voltariam a utilizar os seus serviços e avaliaram a empresa entre 0 a 6.
  • NEUTROS – Clientes que tiveram uma boa experiência, mas que não apontam nenhum diferencial a ser repassado, a avaliação aqui fica entre 7 e 8.
  • PROMOTORES – São os que mais gostaram da experiência com sua empresa e com certeza recomendariam seus serviços ou produtos, as notas dadas ficam entre 9 e 10.

Depois disso esses números se transformam em porcentagem, para isso você divide o número total de clientes avaliados pelos detratores e pelos promotores, tira um de outro e chega ao valor final.

Simples, não é mesmo?

Para ficar mais claro, vamos às contas!

Número de clientes avaliados 100

  • Detratores = 5
  • Neutros = 15
  • Promotores = 80

Transforme tudo em porcentagem!

5/ 100 = 0,01 = 5%

80 /100 = 0,8 = 80%

80% – 5% = 75% Esse é o NPS de sua empresa!

O que devo fazer com o NPS em mãos?

De nada adianta fazer toda essa pesquisa se você não pensar em melhorar!

O ideal é que você entenda os números e se planeje para agir estrategicamente, para isso é muito importante prestar atenção no que representa cada nota!

Veja como devem ser avaliados os números:

100 a 0: pontuação baixa e precisa de medidas urgentes.

0 a 50: Nota média, ainda precisa se adequar intensamente.

55 a 75: Boa média, mas ainda pode melhorar!

75 a 100: Uma média excelente!

Essa métrica serve para você entender o que está certo, o que precisa ser corrigido e assim traçar estratégias eficazes para que isso aconteça!

Identificando e agindo sobre cada detalhe você aumentará qualidade a sua imagem diante dos clientes e consequentemente a sua lucratividade!

E então o que você achou da NPS?

Seria positiva para o seu empreendimento?

Se ainda tiver dúvidas, nos pergunte, teremos prazer em respondê-las!

Planejamento Tributário para o Comércio: conheça os benefícios

Quando se fala em empreender, logo se pensa em planejamento!

  • Planejamento financeiro;
  • Planejamento de marketing;
  • Planejamento de vendas.

E olha, temos que te dizer, pensar em unir todas essas pontas com solidez, é a melhor coisa a se fazer como empreendedor viu!

Contudo, um outro ponto muito importante às vezes fica meio esquecido, o planejamento tributário.

Mas, se você quer conseguir todo crescimento que precisa, além de garantir o equilíbrio e a saúde das finanças de seus negócios, os cuidados com as questões tributárias precisam entrar na sua lista de prioridades.

E sabe o porquê afirmamos isso?

Porque a carga tributária no Brasil é muito alta e se não houver o seu correto planejamento, ela pode dragar toda a economia de sua empresa.

Por isso estamos aqui hoje, para impedir que a saúde financeira de seu comércio seja ameaçada pelas altas taxas tributárias e estamos engajados a ajudar você, em descobrir todos os benefícios que o controle desse aspecto contábil poderá trazer como solução a seus negócios e lucratividade.

O que é o planejamento tributário e quais os benefícios que ele pode trazer?

Quando dizemos planejamento tributário, estamos nos referindo a juntar normas de natureza administrativas ou judiciais para conseguir reduzir os pagamentos de tributos do seu comércio e assim minimizar gastos fiscais.

Porque esse é um direito inerente a qualquer empresa, usar as leis para reduzir os impostos e tornar uma empresa muito mais competitiva e saudável financeiramente!

Concorda com essa ideia?

Mas atenção! Para conseguir todos os benefícios de um planejamento tributário é preciso conhecer a fundo as taxas, e tudo que se relacionam a elas, além de estar em constantes análises corporativas para entender toda finança de sua empresa.

Hummm, o que acha?

Será mesmo possível?

Parece um tanto complexo, não é mesmo?

Nós não diríamos que seja difícil ou impossível, de forma alguma! Contudo, nós temos que te revelar que para que o planejamento tributário seja fantástico e correto, o ideal é que você invista em uma equipe contábil com ampla experiência no assunto.

O resultado de um planejamento tributário poderá ser percebido de longe e incluí:

  • Maior lucratividade empresarial.
  • Menores taxas tributárias.
  • Uma empresa mais equilibrada financeiramente.
  • Possibilidades de estruturar o crescimento do seu comércio de forma programada e assistida.
  • Maior competitividade no ramo de atuação.

 

O passo a passo para um planejamento tributário eficiente

 

Como já dissemos acima, o melhor recurso para efetivar um planejamento tributário que gere retorno positivo ao seu comércio, vem com o apoio de uma assessoria contábil de qualidade, a partir daí existem alguns passos que devem ser seguidos.

Dito isso, vamos a eles:

Antes de começar seu planejamento, é importante entender cada taxa que seu comércio paga e quais as características que encaixam o empreendimento no regime tributário que está atuando.

Isso pode variar de empresa a empresa e de estado a estado… por isso um contador qualificado deve ser contratado, para depois você não pagar o prejuízo da conta que saiu errada!

Sabe o porquê de tudo isso?

Porque só assim você saberá se existe outro regime tributário que melhor se encaixe nas suas necessidades fiscais.

Com primeiro passo dado é hora de galgar os outros degraus do equilíbrio financeiro da sua empresa.

Isso significa conhecê-la a fundo, entender os aspectos financeiros do seu comércio, afinal, é isso que dará base para escolher o regime tributário ideal para você!

Entre estes aspectos financeiros estão:

  • Quais os custos.
  • Quais as estimativas de faturamento.
  • Quais são seus serviços ou produtos.
  • Quanto é a margem de lucro prevista.
  • Quanto é o custo da folha de pagamento, incluindo os pró-labores.

 

Com todas essas informações em mãos e a ajuda de um contador, você conseguirá encontrar o regime tributário mais vantajoso para seu comércio.

Consegue perceber o quanto tudo isso irá impactar positivamente as suas finanças?

Então, que tal começar a pôr em prática?

E se você ainda quer que todo esse processo seja mais ágil, simples e eficaz, nós estamos à disposição para fazer o que for necessário, para que você tenha um planejamento tributário adequado para seu comércio.

Nos procure, nós podemos te ajudar!

Como aumentar a produtividade da sua empresa através da sua liderança? Parte Final

 

“6 estratégias de liderança comprovadas para melhorar o seu desempenho e inspirar sua equipe”

 Nos dois artigos anteriores da série: “Como aumentar a produtividade da sua empresa através da sua liderança?” Falamos sobre como você pode ser um líder coach aprimorando suas habilidades, de modo a melhorar a sua performance pessoal, aumentar o desempenho de sua equipe e, consequentemente, de sua empresa. No artigo final da série, falaremos sobre algumas estratégias de liderança comprovadas para você que além de potencializar o seu desempenho pessoal como líder, essas estratégias inspiram também a sua equipe, de modo a que eles se tornem altamente proativos e produtivos.

Falar sobre estratégias de liderança pode se tonar rapidamente um tanto ambíguo. É difícil dizer exatamente como cada estratégia terá um efeito direto em seus objetivos corporativos e suas metas de vendas e produtividade. O importante a ter em mente é que o papel do líder coach é influenciar, envolver e encorajar as pessoas a agirem em torno de um objetivo comum. Isso significa que as estratégias de liderança autoritária e draconiana tornaram-se compreensivelmente menos populares na força de trabalho de hoje (embora eu ache que todos nós conhecemos pelo menos uma pessoa que ainda as usa.).

Infelizmente, muitos líderes e gestores não aprenderam ou não entendem como empregar estratégias de liderança que possam melhorar seu desempenho pessoal, o desempenho de sua equipe e sua capacidade de influenciar ações. Outros podem apenas precisar de um pequeno lembrete para ajudar a reacender o uso dessas importantes estratégias de liderança.

Para isso, é muito importante que o líder seja um exemplo de proatividade e produtividade, pois assim, todos o respeitarão e o terão como referência para suas ações. Pensando nisso e para completarmos a série de artigos sobre sua forma de liderar pelo exemplo, elencamos 6 estratégias importantes e comprovadas de liderança para que você atue como líder coach e tenha muito sucesso ao inspirar sua equipe a ter um desempenho superior e, assim, aumentar consideravelmente a produtividade de sua empresa.

Vamos lá?!

  1. Arranje tempo para atividades não urgentes

Programe seu tempo durante o dia, para que você consiga atuar também naquelas atividades não urgentes de sua empresa, mas que precisam ser executadas, por exemplo: retorno telefônico para algum fornecedor, verificar ou responder alguns e-mails menos urgentes, pagamento de contas que estão a vencer, etc.

Como fazer isso?

Tente reservar um período de 30 minutos diários para executar essas tarefas, principalmente quando você não tiver nenhum prazo de entrega urgente de algum projeto naquele dia específico. O melhor momento pode ser depois de uma pausa para um café ou almoço, pois assim você pode chegar e executar essas tarefas tranquilamente.

  1. Utilize um sistema de tarefas “to-do” 

À medida que as atividades e as informações sobre essas atividades forem chegando até você, já defina suas prioridades e vá concluindo-as uma a uma em uma base de uso contínuo, em vez de colocá-las em sua lista de tarefas para concluir mais tarde.

Como fazer isso?

Seu objetivo deve ser “lidar com isso de uma vez” e eliminar cada uma, de acordo com sua prioridade, definitivamente. Isso aumenta sua produtividade e, também, seu senso de realização, quando você vê todas as tarefas que você completou.

  1. Trate cada dia como único

Conforme você organizar sua agenda todos os dias, leve em consideração a atividade mais apropriada para cada dia em questão. As sextas-feiras podem ser seus dias de criação e planejamento, enquanto as segundas-feiras podem ser os dias para organização dos arquivos e assim sucessivamente.

Como fazer isso?

Observe as atividades que preenchem os seus dias e tente agrupá-las com o que você faz rotineiramente. Por exemplo, ao organizar todos os seus recados em um dia e suas atividades criativas em outro dia, você pode aumentar a produtividade e a eficiência em todas as frentes. Liste as atividades que ocupam a maior parte do seu dia e veja se você pode agrupar várias tarefas semelhantes em um dia ou período de tempo específico.

  1. Gerencie seus recados e mensagens de e-mail duas vezes ao dia 

Defina dois horários por dia para verificar e responder seus recados e seus e-mails. Durante estes horários você estará fazendo apenas esta atividade e nada mais. Classifique suas chamadas telefônicas, seus recados e e-mails em baixa e alta prioridade. Durante o resto do dia, você limitará o uso de seu telefone e e-mail para se concentrar apenas nos projetos que estão sob os seus cuidados.

Como fazer isso?

Decida o período de tempo que funciona melhor para você, possivelmente, a primeira coisa de manhã e logo após o café da tarde, ou pouco antes do final do dia de trabalho. Anote as horas do dia que você acha que funcionará melhor e seja disciplinado.

  1. Faça pausas estratégicas

Quando seu nível de energia cair ou você estiver se tornando reativo demais para com os demais membros de sua equipe, reserve um tempo para se rejuvenescer e faça uma pausa estratégica em seu trabalho.

Como fazer isso?

Uma pausa estratégica pode envolver afastar-se fisicamente da área de trabalho, respirar ar fresco, ouvir música relaxante ou conversar com um amigo. Encontre algo que ajude você a recarregar suas energias. Liste algumas atividades que o façam rejuvenescer e levantar o seu astral novamente.

  1. Revise tudo ao final do dia 

Revise sua lista de tarefas para examinar tudo o que você realizou, o que você poderia ter feito de maneira mais eficiente e o que precisará ser feito “amanhã”.

Como fazer isso?

Examine seu planner diário e marque todos os itens que você concluiu. Isso lhe dará um grande senso de realização e ajudará a determinar as tarefas que exigem mais tempo do que o inicialmente previsto.

Conclusão

Se você quiser ser um líder coach altamente produtivo e eficiente, e também, que sua equipe trabalhe da melhor maneira possível, de modo a aumentar a produtividade de sua empresa de forma consistente e constante, experimente se auto liderar seguindo todas as dicas dessa série de artigos e aproveite os benefícios de uma liderança pelo exemplo.

Seja a referência de sua equipe e tenha muito sucesso atuando como um líder coach!

Até a próxima…

Como aumentar a produtividade da sua empresa através da sua liderança? Parte 2

4 dicas para aprimorar suas habilidades como líder coach

“Para ser o líder do seu segmento de atuação, você deve primeiro vencer as batalhais internas de sua própria empresa.”

Você, como gestor de sua empresa e um líder empresarial, não pode vencer as batalhas internas de sua empresa a menos que entenda como fazer com que seus funcionários tenham o melhor desempenho – e a como dar a eles o que precisam para aumentar a produtividade da sua empresa e ajudar os negócios a serem bem-sucedidos.

No artigo anterior falamos sobre como aumentar a produtividade da sua empresa através de um planejamento de demandas e prioridades antecipadamente, para que você possa utilizar o seu tempo de forma mais produtiva e eficiente.

No segundo artigo da série: Como aumentar a produtividade da sua empresa através da sua liderança?, trazemos mais 4 dicas para você aprimorar suas habilidades de sua liderança, de modo a aumentar a eficácia e eficiência das suas ações, para assim inspirar seus  funcionários, promovendo uma força de trabalho mais engajada, que impulsionará o crescimento dos negócios.

Vamos lá?!

  1. Comece agora mesmo!

Por maior que seja o seu projeto de longo prazo, é importante começar de alguma forma. Hesitação, medo e insegurança desaparecem com a ação. Por exemplo, se você quiser escrever um livro, escreva uma palavra em um pedaço de papel. Expanda esta palavra em uma frase, depois um parágrafo e, em pouco tempo, você completará o capítulo inteiro.

Quais os próximos passos então?  Não espere… Faça!

Como fazer isso?

Liste etapa por etapa para a conclusão de todas as suas tarefas. Selecione por ordem de prioridade a tarefa e o projeto número um que você precisa executar. Comprometa-se a cumprir a cada tarefa pela ordem de prioridade e relevância determinada por você, sem atropelar a nenhuma delas e com muito foco. Tome as medidas necessárias para que este primeiro passo seja dado ainda hoje! E  tem mais! Garanta que isso seja cumprido diariamente

  1. Diga não às pequenas tarefas (não prioritárias)

Aprenda a dizer não a atividades que possam parecer urgentes, mas que o distraiam de realizar seus projetos importantes e de longo alcance. Se você gasta a maior parte de sua energia apagando incêndios, você nunca encontrará tempo para as atividades importantes de sua empresa e de sua vida.

Como fazer isso?

Quando alguém lhe pedir para fazer algo que não precise especificamente do seu toque particular, memorize esta frase e diga com um sorriso: “Oh, meu caro amigo, me desculpe. Receio não ter tempo para cuidar disso da maneira ou com o foco que o assunto merece. Obrigado por pensar em mim, porém não poderei lhe ajudar no momento”.

  1. Inicie com pequenos passos, tipo passos de bebê.

Muitos projetos de longo prazo nunca são iniciados porque todo o esforço para sua conclusão parece ser muito assustador. Quando nós assumimos um projeto inteiro de uma só vez, acabamos por ficar sobrecarregados. Comece com pequenos passos, isto é, passos que você sabe que poderá realizar. Quanto mais realista for a sua expectativa, melhor. Quando você ganha força, pode deixar a energia e a emoção do projeto assumirem o controle, e você estará totalmente envolvido.

Como fazer isso?

Observe a tarefa e o projeto número um que você escolheu na primeira etapa listada no item 1 deste artigo. Quebre esse passo em etapas menores e trabalhe na primeira delas. Simples assim! E você terá uma visão mais holística de tudo que precisará realizar para concluir cada etapa com êxito até atingir o todo.

  1. Organize seus compromissos semanalmente

Na noite de domingo, planeje todas as suas tarefas e projetos de longo prazo para a semana inteira. Durante a semana, dedique tempo todos os dias, concentrando-se em projetos priorizados, e você ficará agradavelmente surpreso com os resultados. Integre os aspectos dos objetivos de longo prazo em sua lista de tarefas diárias e você realizará seus projetos mais importantes um a um.

Como fazer isso?

Escolha um local tranquilo e planeje suas atividades em um planner diário para a semana seguinte.

Como líder, existem diversas maneiras de melhorar o desempenho de sua equipe, de modo a aumentar a produtividade da sua empresa.. No entanto, se a sua produtividade como líder deixar a desejar, eles não se sentirão inspirados a realizar suas tarefas com afinco e dedicação necessárias. E, com isso, seus resultados como “capitão do time” serão comprometidos, e toda a produtividade da empresa ficará prejudicada. É por isso que melhorar a sua produtividade antes de se preocupar com produtividade da sua equipe deve ser sua maior prioridade. Isso, se você quiser atuar como um líder coach e ter sucesso como gestor empresarial.

Simplificando, quando sua produtividade como líder é alta, toda sua equipe se torna mais produtiva, os resultados de todos os seus esforços se multiplicarão e a produtividade da sua empresa estará sempre em alta, com toda certeza!

Reflita sobre isso e aguarde o nosso próximo artigo da série: Como aumentar a produtividade da sua empresa através da sua liderança? Parte 3.

Está imperdível!

Até breve…

Como aumentar a produtividade da sua empresa através da sua liderança? Parte 1

4 dicas para ser um líder coach!

A ideia de aumentar a produtividade de sua empresa e a eficiência de sua liderança, muitas vezes gera a imagem de alguém com um cronômetro, sincronizando todas as atividades e com um olhar atento sobre o que cada colaborador está fazendo minuto a minuto.

Henry Ford usou pela primeira vez o talento de um especialista em eficiência para construir carros com mais rapidez e economia e, assim, aumentar a produtividade de sua empresa. O resultado disso foi uma linha de montagem onde o mesmo movimento era repetido várias vezes para eliminar qualquer movimento desperdiçado.

Você não tem que trabalhar em uma linha de montagem para tirar proveito das dicas de economia de tempo que as grandes montadoras e fábricas lhe oferecem. Porém, ao reservar um pouco de tempo para planejar e preparar os processos produtivos e operacionais do seu negócio, você pode encontrar horas extras no seu dia para concluir o trabalho que deseja fazer e ainda se divertir. Estes exercícios úteis e eficazes só serão benéficos se você for produtivo e eficiente com seu tempo.

Victor Hugo disse: “Aquele que todas as manhãs planeja as tarefas do seu dia e segue esse plano, carrega um fio que o guiará pelo labirinto da vida, por mais agitada que esta seja”.

Sendo assim, resolvemos escrever uma série de 3 artigos sobre Como Aumentar a produtividade de sua Empresa através da sua Liderança, onde listamos diversas maneiras de usar seu tempo de uma forma extremamente positiva e eficiente.

Vamos às 4 primeiras dicas:

  1. Planeje o seu trabalho 

Planeje o seu trabalho e trabalhe o seu plano. Reserve de 10 a 15 minutos para se planejar no início de cada dia ou no final dos mesmos, onde você irá criar uma lista de tarefas de suas próximas atividades e, assim, você saberá quais serão suas tarefas urgentes e importantes antes de começar o dia.

Esse planejamento antecipado pode economizar mais de uma hora do seu tempo por dia e, consequentemente, aumentar o seu nível de produtividade na gestão da empresa.

Como fazer isso?

Pare agora mesmo – apenas por um momento – e decida qual o horário do dia será melhor você reservar para realizar este planejamento. Quer seja às 6h da manhã ou à meia-noite, comprometa-se com um período de tempo agora, não deixe para depois. E, principalmente, cumpra-o.

  1. Use o seu tempo de forma eficiente

Seja produtivo com seu tempo. Lembre-se, todos nós temos exatamente o mesmo número de horas por dia. Pessoas como,  Michelangelo, Madre Teresa, Leonardo Da Vinci, Albert Einstein e Steve Jobs, realizaram muito por seus negócios e vidas tendo a mesma quantidade de horas por dia que temos para realizar.

Como fazer isso?

Você pode usar o tempo entre cada compromisso para estudar sobre como aprimorar as diversas formas e utilizar as ferramentas da atualidade para aumentar a produtividade de sua empresa. Observe as atividades que preenchem seu dia e determine maneiras pelas quais elas poderiam ser feitas de maneira mais eficiente, ou mesmo aquelas que podem ser eliminadas.

Ao eliminar minutos de várias tarefas ao longo do dia, você conseguirá liberar um bloco maior de tempo todos os dias. Pense em algumas maneiras pelas quais você pode economizar tempo em sua programação diária. Temos certeza que você já sabe como fazer isso. Bora lá?

  1. Use suas horas mais produtivas para suas tarefas mais importantes

Alguns de nós são madrugadores e outros são corujas. Se você precisar de tempo para acordar e realmente começar o dia, não tente forçar um horário no início da manhã. Pergunte a si mesmo: “O que preciso fazer hoje para me sentir completo?” E “Quando sou mais produtivo?”

Concentre-se mais no que é importante e diminua a velocidade. Gaste 20% do seu dia nas tarefas mais importantes e você conseguirá 80% de seus resultados mais extraordinários.

Amo fazer isso?

Defina uma meta diária que você considere primordial para alcançar os resultados que você precisa e decida em que horas do dia você terá mais energia ou criatividade para realizar o trabalho. Utilize esse tempo exclusivamente para o seu objetivo. Pegue uma folha agora mesmo, defina uma meta e liste cada tarefa a ser realizada para o alcance da mesma. Você precisa fazer isso agora, vamos lá?

  1. Priorize suas atividades mais importantes

Anote as tarefas importantes e coloque-as em ordem de prioridade. Concentre-se apenas nos três projetos mais importantes e defina: Quais dessas 3 é a tarefa mais urgente?

  1. Se eu puder realizar apenas um item hoje, qual será?
  2. Esta atividade é a melhor utilização do meu tempo, conhecimento, criatividade e experiência?

Concentre-se na atividade que você considerou mais importante até terminar. Depois de concluir essa tarefa, verifique novamente suas prioridades e enfrente a próxima mais importante. Esse processo leva a um maior senso de realização no final do dia. Agende compromissos consigo mesmo para trabalhar nos projetos que são mais importantes para você.

Como fazer isso?

Pense nas tarefas que você deseja realizar e escreva as três principais aqui em ordem de importância, e então mãos a obra para realizar a que você considerou a mais urgente.

Lembre-se: Para você ser um Líder Coach em sua empresa, primeiro você tem que ser coach e liderar a si mesmo. Sendo assim, deixaremos você com uma pergunte:

O que você pode fazer para aumentar o seu nível de produtividade hoje mesmo como gestor ou dono de um negócio, para depois replicar para suas equipes, de modo a aumentar a produtividade da mesma?

Pense nisso e não perca o nosso próximo artigo da série: Como aumentar a produtividade da sua empresa através da sua liderança?

Até a próxima!